A TERRA PROMETIDA - Capitulo 3 - Completo

A TERRA PROMETIDA - Capitulo 3 - Completo

Assistir A TERRA PROMETIDA - Capitulo 3 - Completo

 

 

 

 

Resumo (Capítulo 03) 

Furioso, o rei Marek avisa que se banhará no sangue dos hebreus. Enquanto Raabe fica encantada com o Deus de Israel, Farduk avisa que este povo jamais conseguirá invadir Jericó. Elieber acorda e chama por Aruna. Samara e Léia não gostam do que ouvem, mas decidem atender ao pedido do rapaz e chamam a moça. Elieber pede para ficar sozinho com ela. Tarik finge estar desacordado enquanto avista uma faca na tenda. Elieber diz para Aruna nunca esquecer quem é e, logo em seguida, morre em seus braços. Léia se desespera com a morte do filho e, junto de Samara, culpa a moça pela morte de Elieber. Tarik aproveita a distração de todos e consegue pegar a faca, escondendo-a sob o lençol. Jéssica consola Aruna. Tibar chega à estalagem de Farduk e força Raabe a se deitar com ele. Aruna não suporta os últimos acontecimentos e chora desesperada. Tarik nota a presença de Samara e a faz de refém, ameaçando-a com a faca. Jesana corre para avisar a Josué. Raabe aproveita enquanto Tibar dorme para pegar a espada do oficial. Empunhando a faca contra o pescoço de Samara, Tarik pede para falar com o líder do acampamento. Raabe não tem coragem para atacar Tibar. Salmon tenta negociar com Tarik. Tibar acorda e não nota que Raabe tentou lhe matar. Josué chega à tenda onde Samara está sendo ameaçada. Ele tenta acalmar Tarik. Raabe engana Tibar ao fingir gostar do comandante. O Oficial conversa com Racom sobre os hebreus. Samara grita pedindo a ajuda de Josué. Tarik pede um cavalo para a fuga, mas Josué exige que Samara seja libertada antes. Em conversa com Liora, Raabe diz ter medo da obsessão de Tibar e revela que o comandante tirou sua chance de ser feliz. Tarik tenta matar Samara, mas é atingido por uma flechada disparada pelo misterioso soldado mascarado. Léia e Quemuel tentam acalmar a filha após o ataque de Tarik. Samara distrata Aruna e impede que a moça durma em seu quarto. No celeiro, Aruna pede força a Deus. Darda, Chaia e Jesana preparam o corpo de Elieber para o sepultamento. Iru provoca Maquir e eles brigam. Salmon intervêm e diz que não pode haver brigas entre os hebreus. Livana diz a Maquir que não é certo se relacionarem, mas ele a beija. Sem ser percebido, o menino Gael vê Maquir e Livana se beijando. Calebe repreende Iru por desrespeitar um líder tribal. Haniel diz que é uma sina ter um filho imprestável como Gael. Maquir aconselha o pai a ir para a guerra. Ele descobre que Gael viu o beijo em Livana e pede segredo ao irmão. Josué lamenta a morte de Elieber. Farduk, Liora e Raabe comentam sobre a força do Deus dos hebreus. Começa o cortejo fúnebre de Elieber. Tibar avisa que não é possível atacar todos os hebreus de uma só vez. O general aconselha o rei a começar atacando o líder Josué. Aruna assiste de longe ao enterro de Elieber. Boã, Eliazafe e Haniel dizem a Josué que suas tribos participarão da guerra ao lado do líder hebreu. Satisfeito, Acã observa com a certeza de que poderá lucrar com a guerra. Josué declara o avanço à Terra Prometida de Canaã. No fim do enterro, Josué avista Aruna afastada e vai até ela. Ele oferece companhia até sua casa, mas a moça recusa. Salmon incentiva os outros hebreus a continuarem treinando. Jéssica diz que não vê a hora de estar casada com Salmon. Iru zomba do jeito como Otniel luta. Acsa também debocha do rapaz, enquanto Lila o incentiva. Gibar flerta com Acsa. Josué comenta sobre o soldado mascarado com Aruna, mas a moça desconversa. Racom e outros soldados cananeus os observam de longe e começam a segui-los. Sorrateiramente, Racom e os oficiais cananeus matam dois soldados hebreus. Eles escondem os corpos e se disfarçam usando as roupas dos hebreus. Racom e os outros soldados invadem o acampamento e espreitam Josué.